Nicodemos era um Fariseu que, como “líder dos Judeus”, parece ter sido um membro do Sinedrio. Ele aparece três vezes no Evangelho de João. No primeiro, e mais famoso, incidente, logo após a limpeza do templo, Nicodemos visita Jesus à noite, presumidamente para evitar detecção por outros da liderança Judaica, mas talvez em uma visita oficial como um delegado Fariseu do Sinedrio para ter acesso às intenções e caráter de Jesus. Seu encontro com Jesus foi palco para o discurso de Jesus sobre o “Novo Nascimento” (João 3:1-21), no qual Jesus afirma a necessidade para que cada pessoa “nascer de novo” (João 3:3), nascendo tanto da água quanto do espírito (Batismo). Embora Nicodemos inicialmente tenha ficado confuso, talvez revelando que sua opinião previa de Jesus estava sendo remodelada, Jesus enfatizou a fonte da nova vida descrevendo a si mesmo como exemplo daquele que “desceu do céu”, que Deus enviou porque ele “amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:13, 16).

Nicodemos é mencionado novamente quando os Fariseus e os principais do sacerdotes procuram prender Jesus enquanto ele freqüenta a Festa do Tabernáculo em Jerusalém (João 7:45-53). Lembrando que ele era o mesmo homem que “de noite fora ter com Jesus” (João 7:50), João nota que Nicodemos foi reprovado quando lembrou a multidão que suas leis não condenavam homem algum sem antes ouvir o que ele tinha a dizer.

Nicodemos é algumas vezes identificado como discípulo secreto de Jesus ou como um que representa aqueles que tinham falta de fé suficiente para o apoiar abertamente. Entretanto, em sua terceira aparição no Evangelho de João, no enterro de Jesus (João 19:38-42), Nicodemos, que antes tinha vindo a Jesus quando estava de noite, veio quando era dia, trazendo consigo generosas quantidades de especiarias para ajudar José de Arimatéia a preparar o corpo de Jesus para ser colocado no sepulcro e fazendo publica seu discipulado. Significantemente, esse evento ocorreu depois de Jesus ter sido levantado na cruz, permitindo Nicodemos ver o cumprimento de uma profecia feita por Jesus de que ele seria levantado “como Moisés levantou a serpente no deserto” (João 3:14).

Copyright © 2016 Jesus O Cristo. Todos os direitos reservados.
Esta página web não pertence nem é afiliada a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (algumas vezes também chamada de Igreja Mórmon ou Igreja SUD). Os pontos de vista expressos pelos usuários são de responsabilidade dos mesmos e não representam necessariamente a posição da Igreja. Para acessar os sites oficiais da Igreja visite: LDS.org ou Mormon.org.