Perdoar o Próximo

Jesus Perdoou

Perdoar alguém que nos ofendeu é uma experiência de humildade. Os Mórmons acreditam que quando perdoamos, reconhecemos que é prerrogativa de Deus perdoar e não dos homens. Quando perdoamos, aceitamos que as pessoas não são perfeitas e cometem erros. Ser capaz de perdoar alguém requer fé no Senhor Jesus Cristo e no Pai Celestial. O Senhor esta disposto a ajudar a pessoa que esta disposta a perdoar. Exercitar o perdão é ser libertado; livra-nos do ódio, inveja, e dor que nos impede de continuar a progredir espiritualmente.

Portanto digo-vos que vos deveis perdoar uns aos outros; pois aquele que não perdoa a seu irmão suas ofensas está em condenação diante do Senhor; pois nele permanece o pecado maior.

Eu, o Senhor, perdoarei a quem desejo perdoar, mas de vós é exigido que perdoeis a todos os homens. (D&C 64:9-10)

Pois se aos homens perdoardes as suas ofensas, vosso Pai Celestial também vos perdoará.

Mas se aos homens não perdoardes as suas ofensas, tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas. (3 Néfi 13:14-15)

E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas.

Mas, se vós não perdoardes, também vosso Pai, que está nos céus, vos não perdoará as vossas ofensas. (Marcos 11:25-26)

O Senhor nos disse que devemos perdoar todos os homens a fim que possamos receber o perdão de nossos pecados. Devemos orar pedindo forcas para perdoar aqueles que pecaram contra nós, e abandonar os sentimentos de raiva, amargura ou vingança. Devemos também procurar aquilo que é bom nas pessoas em vez de procurar suas faltas e magnificar suas fraquezas. Deus irá ser o juiz das ações maldosas das pessoas. É importante compreender que perdoar alguém não significa se expor a essa pessoas. Você pode perdoar um pedófilo abandonando seus sentimentos de ódio contra ele, mas seria tolice convida-lo para vir a morar com você. Algumas pessoas não são confiáveis e permaneceram assim, mesmo depois de terem sido perdoadas.

Obtendo o Perdão de Nossos Pecados

Como mortais imperfeitos, estamos sujeitos a cometer erros aqui na terra. O Pai Celestial sabia que isso aconteceria quando nos enviou para a terra. Por causa disso, Deus nos abençoou com a expiação de Jesus Cristo. Jesus Cristo realizou um sacrifício perfeito pelos nossos pecados, tornando possível que recebamos o perdão por tudo aquilo que fizermos de errado. Porque ele pagou o preço por nossos pecados, poderemos viver com o Pai Celestial novamente se nos arrependermos de nossos pecados.

Por causa da Expiação de Jesus Cristo, podemos receber o perdão de nossos pecados através do sincero e total arrependimento. O pecado traz dor e sofrimento, mas o perdão do Senhor traz alivio, conforto e alegria. O presidente Spencer W. Kimball ensinou: “A essência do milagre do perdão é que traz a paz, onde antes havia ansiedade, inquietação, frustração, talvez até uma alma atormentada ….Deus eliminara tudo isso … as lagrimas da angustia, e o remorso, …o medo e a culpa” (O Milagre do Perdão p. 363,368).

O arrependimento é composto de alguns passos. Cada um é essencial para que o arrependimento seja completo. O presidente Joseph F. Smith identificou alguns desses passos dessa maneira: “O verdadeiro arrependimento não é somente pesar pelo pecado, e humilde penitencia e contrição diante de Deus, mas envolve a necessidade de virar as costas para o pecado, um abandono de uma pratica iniqua … uma reforma da própria vida, uma mudança vital do mal para o bem …restituir, até onde for possível, todas as coisas erradas que fizemos … Este é o verdadeiro arrependimento, o exercício da vontade e de todos os poderes do corpo e da mente necessários para o arrependimento.”

Jesus Cristo ensinou o perdão através de Seus exemplos e ações. Quando Jesus Cristo expiou pelos pecados do mundo, ele pediu que aqueles que o estavam crucificando fossem perdoados “porque não sabiam o que estavam fazendo.” Este é o máximo ato do perdão. Ser capaz de perdoar aqueles que zombam, odeiam e te torturam, mesmo no momento em que lhe ofendem, é demonstrar verdadeiro perdão.

Eis que aquele que se arrependeu de seus pecados é perdoado e eu, o Senhor, deles não mais me lembro. (D&C 58:42)

Vinde então, e argui-me, diz o SENHOR: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã. (Isaias 1:18)

Ó vós todos, que fostes poupados porque éreis mais justos do que eles, não volvereis a mim agora, arrependendo-vos de vossos pecados e convertendo-vos, para que eu vos cure?

Sim, em verdade vos digo que, se avierdes a mim, tereis vida eterna. Eis que meu braço de misericórdia está estendido para vós e aquele que vier, eu o receberei; e benditos são os que vêm a mim.  (3 Néfi 9:13-14)

Guest Author – has written 131 posts on this site.

O artigo foi postado na segunda-feira, maio 2nd, 2011 as 9:36 am e esta arquivado na Doutrinas mormons. Voce pode acompanhar as respostas para este artigo atraves do RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe uma Resposta