Posts Tagged ‘Morte de Cristo’

Os Judeus são responsáveis pela morte de Jesus?

sexta-feira, maio 23rd, 2008

Não. Jesus foi crucificado. A crucificação era uma punição romana, não uma punição judaica. Sua mãe e discípulos eram todos judeus. Adicionalmente, não devemos esquecer que Jesus era um judeu. Eles, certamente, não foram responsáveis pela morte de Jesus. Um grande número de judeus que viviam além da Galiléia e da Judéia nunca encontraram ou ouviram falar de Jesus. Eles, obviamente, não foram responsáveis pela execução de Jesus, da qual não tiveram qualquer participação ou conhecimento durante toda a sua vida. A maioria dos judeus do primeiro século não tinha qualquer conhecimento de sua vida ou ministério e, portanto, não tiveram nada a ver com sua morte, e não são responsáveis pelas ações de alguns poucos indivíduos (Judas, que o entregou para ser preso pelos oficiais do governo; os oficiais que o prenderam e o levaram para os Principais do Sacerdócio Judeus; Caifás, que o enviou para o governador romano; e Pilatos, que o entregou para o esquadrão de extermínio romano). Certamente, os Judeus que viveram antes do primeiro século e aqueles que viveram depois do primeiro século não tiveram nada a ver com os eventos trágicos daquela sexta-feira fatídica a tanto tempo atrás em Jerusalém. (more…)

Quais são os primeiros registros sobre a morte e ressurreição de Jesus?

sexta-feira, fevereiro 22nd, 2008

Se os livros do Novo Testamento fossem impressos na ordem em que foram originalmente escritos, as cartas de Paulo apareceriam primeiro. Suas primeiras cartas – 1 e 2 Tessalonicenses, Gálatas, 1 e 2 Corintios e Romanos – foram escritas por volta de 49 a 57 D.C. (talvez Gálatas tenha sido escrito até mesmo antes), antes de Mateus, Lucas, e João fossem escritos e praticamente contemporâneo do Evangelho de Marcos. Portanto, os registros dos primeiros escritos das ultimas horas de Jesus na Terra – a Ultima Ceia na quinta, a fatídica crucificação na sexta e a gloriosa ressurreição no primeiro domingo de Páscoa – são encontradas nas cartas de Paulo.

As primeiras referências explicitas desses eventos são encontradas na primeira carta de Paulo aos Corintios, escrita por volta de 57 D.C. Paulo notou: “Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim. Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor , até que venha.” (1 Corintios 11:23-26). Isso não foi tudo. Mais tarde, na mesma carta, Paulo escreve a seus leitores: “Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.” (1 Corintios 15:3-4).

Esses três aspectos da missão de Jesus – que ele morreu, foi sepultado e se levantou novamente – está ecoado em muitas outras cartas de Paulo. Essas três outras referencias frequentemente representam apenas alusões e referencias implícitas aos eventos totalmente detalhados nas narrativas dos Evangelhos. Entretanto, os registros de Paulo provêem evidencias escritas demonstrando que um registro oral da vida de Jesus goza uma circulação por toda a bacia mediterrânea antes dos Evangelhos serem registrados.