Posts Tagged ‘Nascimento de Cristo’

Ana: Testemunha do Nascimento de Cristo

sexta-feira, junho 27th, 2008

Simeon-Jesus-Christ-Baby-MormonNa providência de Deus, o testemunho maravilhoso de Simeão não deveria ser único. Ana, uma viúva idosa, uma mulher dedicada e santificada que adorava constantemente no tempo com jejum e oração tanto dia e noite, agora se aproximava da família sagrada. Assim como Simeão era um profeta, ela era uma profetiza, e sua voz agora se unia a de Simeão como uma testemunha especial do nascimento de Cristo. Ana, cujo nome significa “cheia de graça”, prestou testemunho para toda Jerusalém que “procurava a redenção” (Lucas 2:38). Através das incontáveis horas que ela passou dentro das paredes do templo, ela era indubitavelmente bem conhecida daqueles da cidade santa que também procuravam fielmente a vinda do Messias. Todos ouviriam seu testemunho do Nascimento de Cristo (ver Lucas 2:36-38).

Sperry Symposium Classics, Joseph Fielding McConkie, 2006, Brigham Young University & Deseret Book, 115-116.

Simeão: Testemunha do Nascimento de Cristo

terça-feira, junho 24th, 2008

Jesus-Temple-mormonNossas atenções agora se voltam para Jerusalém e seu templo. Ali um homem idoso, descrito por Lucas como “justo e dedicado”, alguém que em fé havia esperado a vinda do Messias e que havia recebido a promessa do Senhor que ele não morreria até ter visto o Salvador, foi movido pelo Espírito Santo para ir ao templo. Seu é o primeiro testemunho dentro das paredes sagradas do templo do qual temos registro que anunciou o nascimento de Cristo. Apropriadamente, ele tinha o nome de Simeão, o qual significava “ouvindo” (ver Gênesis 29:33). De fato, Deus havia ouvido seus pedidos justos, e agora sua oração havia sido respondida.

(more…)

O Coro Celestial: Testemunha do Nascimento de Cristo

segunda-feira, junho 23rd, 2008

Angel-Sheperd-MormonQuando os céus foram abertos para os pastores, eles primeiro viram um anjo do Senhor – o qual supomos que seja Gabriel – dizendo: “E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lucas 2:10-11). Então “de repente”, de acordo com os registros do Rei Tiago, “E, no mesmo instante, apareceu com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus, dizendo: Glória a Deus nas alturas, Paz na terra, boa vontade para com os homens” (Lucas 2:13-14).

(more…)

Os Pastores: Testemunhas do Nascimento de Cristo

sábado, junho 21st, 2008

Jesus-Christ-Lamb-MormonNa noite do nascimento de Jesus Cristo no estábulo em Belém, havia nos campos não muito distantes dali, pastores vigiando seus rebanhos. O fato que eles estavam no campo à noite nos da alguma indicação da estação do ano na qual Cristo nasceu. Era costume entre os Judeus levar suas ovelhas para os campos perto da Páscoa e trazê-los para casa no início das primeiras chuvas – assim eles estariam no campo de abril a outubro. Destes pastores Elder Bruce R. McConkie sugeriu:

“Estes não eram simples pastores ou simples rebanhos. As ovelhas… sendo vigiadas e cuidadas com amor e devoção eram destinadas para o sacrifício no grande altar da Casa do Senhor, em semelhança ao sacrifício eterno Dele que naquela noite maravilhosa se encontrava no estábulo, talvez entre as ovelhas de destino menor. (more…)

José: Testemunha do Nascimento de Cristo

sexta-feira, junho 20th, 2008

Birth-Jesus-Nativity-MormonNão temos nenhum registro nas escrituras das palavras faladas por José, o pai terreno de Jesus. Apesar da falta de palavras, o testemunho de José da divindade de Cristo é muito eloqüente. Ele foi, como somos dito, um “homem justo”, significando que ele viveu as leis de Moisés com exatidão e honra. Sabemos que ele teve sonhos e visitas de anjos. Mais além, sabemos que ele era fiel em manter a lei de Moisés, portanto ele ouviu fielmente cada direção divina que lhe era dada. Certamente, sua obediência inquestionável é evidência de sua crença. Ela inclui tomar Maria, que carregava o filho de outro como sua esposa e não a conhecendo até que “tivesse dado a luz a seu primogênito”, chamando-O de Jesus, fugindo a noite com Maria e a criança santa para o Egito, permanecendo no Egito até que recebesse instrução para voltar, e então vivendo na Galiléia ao invés de viver na Judéia após o seu retorno (ver Mateus 1:19-21, 25; 2:13-23). Cada ação testemunhava a convicção de José que esta criança era de fato a Esperança de Israel, o Filho de Deus.

Sperry Symposium Classics, Joseph Fielding McConkie, 2006, Brigham Young University & Deseret Book, 112.

Maria: Testemunha do Nascimento de Cristo

sexta-feira, junho 20th, 2008
Be it Unto Me

 

Não poderia haver testemunha mortal mais perfeita da divindade de Cristo do que Sua mãe, Maria. Ela recebeu de Gabriel a promessa de que ela conceberia em seu ventre o “Filho do Altíssimo” (Lucas 1:32). Após esse maravilhoso evento, ele testificou: “Porque me fez grandes coisas o Poderoso” (Lucas 1:49). Néfi fez o relato espiritual mais perfeito nas escrituras sobre este evento. Nosso Pai Celestial, diz ele, condescendeu – ou seja, Ele desceu de sua corte real no alto e em união com a bela jovem virgem de Nazaré teve um filho “segundo a carne” (1 Néfi 11:18). “E aconteceu que eu a vi ser arrebatada no Espírito. E depois de haver sido ela arrebatada no Espírito por um certo espaço de tempo, o anjo falou-me, dizendo: Olha! E eu olhei e tornei a ver a virgem carregando uma criança nos braços. E disse-me o anjo: Eis o Cordeiro de Deus, sim, o Filho do Pai Eterno! ” (1 Néfi 11:19-21). Alma, testificando do nascimento de Cristo, disse: “E eis que nascerá de Maria, em Jerusalém, que é a terra de nossos antepassados, sendo ela uma virgem, um vaso precioso e escolhido; e uma sombra a envolverá; e conceberá pelo poder do Espírito Santo e dará à luz um filho, sim, o Filho de Deus.” (Alma 7:10). 

Sperry Symposium Classics, Joseph Fielding McConkie, 2006, Brigham Young University & Deseret Book, 112.